pessoa-escrevendo-em-caderno

Livro “Como se Encontrar na Escrita”, Ana Holanda: minha opinião

Confira minha resenha do livro “Como se Encontrar na Escrita: o caminho para despertar a escrita afetuosa em você”, da Ana Holanda.

Como se Encontrar na Escrita, da jornalista Ana Holanda, é um livro motivacional sobre escrita, na minha visão.

Como assim, livro motivacional sobre escrita?

É um bom livro para quem vê a escrita como questão de “dom” ou algo muito difícil, e para pessoas com dificuldade em dar um tom pessoal aos próprios textos. Mas, para mim, ele peca pela falta de objetividade.

Resumo

A ideia central do livro é: o mais importante na escrita é se entregar por inteiro, o que permite criar uma conexão verdadeira com o leitor.

Essa ideia é explorada ao longo dos capítulos a partir de vivências da autora e suas percepções, depoimentos de ex-alunos de seus cursos e vários textos publicados originalmente na revista Vida Simples, da qual Ana Holanda é editora-chefe.

Ao final dos capítulos, são propostos exercícios simples, como conversar com uma pessoa desconhecida e registrar as impressões, caso o leitor se sinta confortável para isso.

Minha opinião

Quando digo que é um livro motivacional, é porque ele não tem o mínimo de objetividade sobre como aplicar o que é proposto na construção de um texto.

Para ser sincera, fiquei decepcionada com a leitura. O que não significa que o livro seja ruim. Só não era o que eu esperava.

Aliás, a autora cita logo no começo do primeiro capítulo a fala de uma aluna após fazer um de seus cursos:

“Adorei tudo o que você disse. É muito inspirador, só que não serve para mim. Eu quero escrever um livro. E acho que o que você ensinou não serve para um livro”.

Então, Ana Holanda já adianta que o livro não é técnico, não é um manual de regras. Portanto, ela é honesta.

O que me motivou a ler o livro?

Pelo título, imaginei que a obra era sobre como desenvolver uma voz e estilo próprios de escrita.

Mas, embora o título do segundo capítulo seja “Como encontrar sua voz”, a obra não traz nenhum apontamento objetivo de como o fazer.

Sei que nenhum livro vai ensinar isso passo a passo, por ser algo que envolve a subjetividade, mas, imaginei que sugerisse alguns caminhos nessa direção.

Entretanto, como falei no início, Como se Encontrar na Escrita tem uma pegada motivacional. Inclusive, é escrito num tom emotivo e, para mim, acaba deixando tudo muito vago, sendo até um pouco repetitivo.

Vale frisar que essa é apenas uma opinião. A maioria das avaliações do livro na Amazon são positivas e a autora se tornou referência ao criar o conceito de Escrita Afetuosa.

Sempre ouvi falar bem sobre o livro, com elogios vindos de jornalistas e redatores, ou seja, profissionais que vivem da escrita.

Por esse motivo, fiquei com uma sensação de “ué, era só isso?” e li duas vezes, porque pensei “de repente, eu é que não soube captar e entender a mensagem”.

Recomendo a leitura?

Depende. Se você está buscando um livro que fale sobre técnicas e processos ou dê dicas práticas, pelo menos, não, não recomendo a leitura.

Mas, se você procura só inspiração para começar a escrever ou quer um ponto de partida para dar mais pessoalidade ao que escreve, pode funcionar.

4 comentários em “Livro “Como se Encontrar na Escrita”, Ana Holanda: minha opinião”

  1. Interessante a sua resenha Giselli! Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas gosto de ler as newsletters por e-mail.

    1. Eu só li esse livro dela, Angela, não conheço outros trabalhos. Como expliquei na resenha, o livro não era o que eu esperava (e precisava, naquele momento), mas pode ser inspirador para outras pessoas. Obrigada pela visita e por deixar seu comentário!

  2. Monica Loureiro Jorge

    Gostei de ler sua resenha. Entendi o que voce quis dizer. Preciso de livros que me deem dicas pontuais tambem. Mais praticas.

    1. Bom saber que gostou, Monica! Quando comprei o livro, esperava isso, dicas pontuais, ensinamentos práticos, por isso fiquei desapontada. Obrigada pela visita, espero te ver por aqui de novo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.